Casando em Veneza | Bruna e Cristiano – Parte 4: Casamento DIY

Olá noivinhas!

Nós do O Amor é Simples recebemos um pedido inusitado: fazer um vestido todo customizado para um casamento fora do país. Embarcamos com a Bruna nessa jornada pelo vestido ideal para casar, nada mais nada menos, que em Veneza!

A Bruna vai contar toda a história do casamento aqui no blog, então não perde nenhuma das partes. Hoje ela vai falar sobre os preparativos finais da viagem.

  • Perdeu a primeira parte do depoimento da Bruna? Confere aqui

Preparativos finais antes da viagem

Alguns dias antes da viagem, consegui encontrar em Porto Alegre uma coroa de flores na loja Pente Fino. O meu sapato comprei na loja Domdóka. E por fim os suspensórios e gravatas para os padrinhos na Nós das Gravatas.

Ah, com exceção da roupa do noivo que decidimos por comprar em Milão – nada mal né? O corte italiano é espetacular e por sorte encontramos por um preço bastante acessível em um super Outlet.

Quem disse que a noiva precisa estar de salto?
fonte: Casamentos.com.br

Muitos detalhes importantes ainda precisavam ser resolvidos antes da viagem, e, havia esquecido totalmente do buquê. Inicialmente, pensando em fazer com flores naturais, fiz alguns orçamentos com fornecedores na Itália. Entretanto, o valor mais baixo girava em torno de 100 euros – Impossível né? Pensa esse valor sendo gasto com vinhos?  Kkkk. Então resolvi na última hora desmontar um arranjo da sala da minha mãe e, voilà… Estava pronto o meu buquê, o qual conseguiria sobreviver a toda via sacra e estava alinhado ao estilo boho chic que gosto muito e que pretendia seguir  kkkk.

Buquê simples e lindo
fonte: colherdechanoivas.com

Ah, já ia esquecendo! A roupa para a lua de mel também estava reservada, tudo resolvido na loja Janaína Crescente. A proprietária inclusive estava lá no momento da compra e ficou louca quando disse como seria a cerimônia, fazendo questão de me presentear com um lindo mimo, amei. As compras e o mimo geraram um mega resultado na noite mais esperada ahahaha.

Na semana anterior à viagem, ainda dei um jeito de retirar o aparelho dentário – não aguentava mais kkkk -, fazer clareamento e retocar as mechas.

Buenas, evidentemente que nossa vida não consiste em apenas organizar o casório. Muitos problemas e providências em outras esferas precisavam ser contornadas. E para piorar o cenário, em janeiro, em função de toda a crise no Brasil, a empresa onde trabalhava fez grandes cortes de pessoal. Fui contemplada a fazer parte do ilustre grupo que sairia da organização no mesmo mês. Pensa os nervos da pessoa!

Com a luz e ajuda de uma baita amiga, Patrícia Meira, organizamos um brechó antes da viagem e consegui arrecadar uma importante grana para amenizar a função toda. – De coração miga, obrigada! -.

Como já havia planejado tudo e efetuado o pagamento de todas as despesas do casamento, não valeria a pena desistirmos novamente. Então fomos obrigados, lamentavelmente kkk, a não postergar ainda mais o tão esperado momento.


A história da Bruna continua! Não perde aqui no blog as outras partes

Parte 1: Planejamento

Parte 2: Padrinhos e madrinhas

Parte 3: O vestido ideal

Parte 5: A viagem

Parte 6: O casamento


Postado por O Amor é Simples
Vestidos para noivas que acreditam na simplicidade do amor.

Deixe uma resposta