Mini wedding da Liliane e do Marcio

Olá noivinhas! A Liliane aceitou contar aqui no blog um pouco mais sobre o casamento em formato mini wedding que ela própria organizou junto com as amigas. 
“Eu e o Marcio estamos juntos há 14 anos. A primeira vez que “cruzamos” foi no metrô de São Paulo! Nesta loucura da metrópole! Fazíamos curso preparatório para vestibular no mesmo local… Morando junto estamos há 5 anos e há 5 anos ele me pediu em casamento. Na verdade, pela segunda vez! Rs…
Na primeira vez eu não aceitei! Não porque eu não tinha certeza, mas porque ele havia recebido uma proposta para morar fora do país e eu não quis ir junto… Eu acredito que quando se ama supera a distância e ao tempo. Na segunda vez que ele me pediu em casamento foi muito fofo! Mas também nunca conseguimos entrar num acordo sobre que tipo de evento seria, pois pra ele só o cartório bastava. Pra mim… Eu nunca tive interesse em fazer algo grandioso com banda, marcha nupcial, etc. Apenas um almoço com família e amigos próximos num lugar aconchegante.
Mas o tempo foi passando e nada do tal casamento ocorrer. Os nossos pais até desistiram de cobrar a gente. E como o tempo passou, em uma das conversas havia dito ao Marcio que agora só casaria grávida! E foi o que aconteceu!

O casamento:

Fomos no cartório quatro vezes! Duas delas para esclarecimentos de dúvidas. Na terceira vez chegamos no cartório e tinha acabado a senha para marcar a data do casamento! E na semana seguinte enfrentamos fila… Para enfim marcar a data do casamento.
Tudo isso 2 meses antes do dia que decidimos marcar…
Mas quando realmente definimos o que ia ser feito faltava somente um mês e meio. Após uma “bronca” da minha cunhada! Foi também quando, no final de abril, entrei em contato com O Amor é Simples a fim de solicitar o vestido (a escolha do vestido foi em conjunto com a minha cunhada e a minha mãe).
A escolha do vestido foi perfeita! Confesso que não era a minha primeira opção, pois como já acompanho vocês há 2 anos, lembro-me quando vocês lançaram o Pitanga. Eu havia amado e antes desta coleção tinha adorado o Flower. Mas devido minha situação atual, grávida de 8 meses, optei por um vestido que além de lindo fosse confortável e que tivesse a cintura marcada. O vestido Liberty foi a melhor opção, já que tem elástico nas costa. E o mais incrível é que foi a minha primeira compra de roupas online. Ainda mais um vestido de noiva! Minhas primas falaram que eu era louca! Mas tinha certeza que daria tudo certo já que acompanho vocês há algum tempo. Tive apenas que ajustar as medidas.

Acredito que o único problema que teve neste meio tempo foi o costureiro, que esqueceu que tinha que arrumar o vestido… Quando fui buscar ele nem tinha mexido! Isso faltando 4 dias para o casamento! Dois dias depois fui buscar o vestido e tava tudo perfeito. Graças à Deus!

Ah! A única coisa que eu e o Marcio tínhamos certeza era de que seria o casamento apenas no cartório e depois haveria um almoço para a família (ele ainda continuava com a ideia de ser apenas os pais e irmãos e ir no restaurante). Mas eu sempre quis fazer algo mais aconchegante, simples e bonitinho… Já tinha uma ideia em mente: fazer um mini wedding no salão do prédio onde moramos. E as ideias para as decorações de algo meio que “rústico” e vintage. Tive ajuda de uma amiga que auxiliou na decoração, minha prima e minha cunhada. 

Mini wedding  DIY:

Num feriado que teve em abril, eu e a minha prima pegamos vários potes de vidros de palmito que tinha na casa da minha avó e colocamos renda, fitas e jutas para fazer os vasos das flores. As peças de decoração são objetos de “museu” da casa da minha avó… Rs… Mala antiga, cestos, latas e tacho de cobre.

As flores eu, o Marcio e minha amiga fomos no Ceagesp de madrugada. Compramos muitas flores por preço muito barato! E o buffet conseguimos fechar com 1 mês de antecedência da data do evento. Como ambas as famílias são orientais decidimos por ter uma boa comida oriental. A cortina que decora atrás da mesa do bolo foi a minha sogra que costurou. Eu com ajuda da minha cunhada e da minha amiga fizemos alguns docinhos… A minha amiga fez os pães de mel como lembrança.

Fizemos a celebração para 50 pessoas. Foi tudo muito simples mas muito gostoso estar próximos ao lado dos nossos familiares e amigos.
Acredito que a única intercorrência que teve é que precisei ficar de repouso justamente 2 dias antes do casamento. Então, não pude fazer muita coisa… A minha amiga Kelly me ajudou muito. Praticamente a decoração ficou tudo para ela fazer. E foi ela que me emprestou as peças para a mesa do bolo, junto com a minha prima.
O bolo fake fui eu que fiz uma semana antes do casamento. Deu um trabalhinho, mais no final deu certo! Ah… E a fotógrafa! Tava sendo um martírio achar uma fotógrafa que entrasse no orçamento. No final, ou seja, uma semana antes do casamento, descobri que  havia uma fotógrafa no prédio onde moro e fechei com ela. Muito fofa! 
Foi tudo muito corrido, mas no final deu tudo muito certo!

Conselho para as noivas:

Talvez o primeiro conselho que daria para as minhas amigas noivas.. É acreditem no amor e façam as coisas acontecerem. Porque se não fosse a bronquinha da minha cunhada… Acho que a gente ainda não tinha mexido em nada. As coisas estariam apenas no pensamento.
Desde já gostaria de agradecer pelo trabalho de vocês, pela dedicação e amor pelo que vocês fazem!
Desejo cada vez mais sucesso! 
Muito obrigada por tudo!
Beijos, Liliane

Gostaram do depoimento? Da para se inspirar bastante sem gastar quase nada!
Obrigada Liliane por nos deixar fazer parte desse momento tão especial!

Postado por O Amor é Simples
Vestidos para noivas que acreditam na simplicidade do amor.

1 Comment

  1. […] Casamento da Liliane e do Márcio no salão de seu prédio. […]

Deixe uma resposta