O casamento é seu: manual prático para lidar com os palpites

Oi noivinhas!  👰🏼👰🏻👰🏽👰🏾👰🏿

Vocês repararam que agora tem vários conteúdos para vocês, né? Além de trazer informação que ajude a simplificar seu grande dia; queremos também simplificar assuntos nem tão legais assim, mas que fazem parte do universo de ser uma noiva.

Esse é um deles: os onipresentes palpites vindos de tudo quanto é lado. 

Nem sempre é simples, a gente sabe. Por isso este post tem um tom de desabafo (eu, Nati, passei por isso e sei bem como é). Mas ó,  a intenção é ajudar a deixar tudo mais leve, como a noiva merece.

Dá vontade de se esconder dos palpites, às vezes, né?
Foto: The Knot

Mas afinal, como lidar (e interpretar) tanto palpite?

Como gostamos de simplificar a primeira resposta é: escute e agradeça, internalizando o mantra:

“o casamento é meu e organizo com o maior carinho, ele tem que agradar a mim e aos mais próximos que estão comigo nessa jornada”.

O problema em si não é ouvir UM palpite – é ouvir vários, o tempo todo, todos os dias. A gente fica insegura, não sabe pra que lado correr, se tá certo, se vai agradar … e isso começa a virar tristeza, depois raiva e culmina com a fase de esgotamento total. SIM, a gente fica esgotada. E isso respinga em tudo ao nosso redor.

 

Como ouvir pacientemente e responder sem causar uma má impressão? Ou magoar a pessoa e arrumar discórdia? Existem alguns tipos de comentaristas de organização de casamento e precisamos aprender a lidar com elas da melhor forma – para a relação e para nosso bem.

Mas antes, é preciso analisar sob o viés dos dois estado de espírito distintos que uma noiva pode ter:

A: quando estamos tranquilas, calmas, descansadas e despreocupadas.

B: quando estamos esgotadas.

Porque se você nunca foi  noiva a gente adianta: faz toda a diferença, até nas coisas mais simples.

 

Quando estamos esgotas, como ter paciência pra tanto palpite?
Foto: Vida de Dos

 

Agora sim, às palpiteiras! Que podem ser:

1 – Quem realmente quer ajudar e compartilhar sua experiência

Nem tudo é crítica, a gente sabe! Tem muita gente ao nosso redor que está bem intencionada, quer trocar dicas e compartilhar sua experiência. O melhor dessas pessoas é que elas vão entender e aceitar suas decisões.

Mas claro que o problema é sempre a quantidade de palpites, que uma hora sobrecarrega e nos faz ficar can-sa-das de pensar e querer falar do nosso próprio casamento.  Sugestão de como lidar seguindo os dois estados de espírito:

A: Escute, faça perguntas, aproveite! Todo mundo que já casou pode ter uma boa dica que vai ajudar a resolver seus dilemas, ou uma informação nova que você não tenha pensado.

B: Agradeça muito, mostre interesse e pergunte se a pessoa não quer mandar a foto/referência por whatsapp. Assim você pode encerrar o assunto e ainda receber aquela dica esperta depois.

A maioria das pessoas vai se preocupar e quer só ajudar você!
Foto: The Odyssey

 

2- Quem não se preocupa o suficiente para saber que um comentário pode machucar

É gente, aqui a coisa complica pra nós, noivas.  Sempre tem quem dá palpite antes, durante e após a cerimônia. Vai falar mal, arrumar defeito, etc. Ninguém merece e, vamos combinar: a gente faz tudo com tanto carinho, é tão injusto!

Mas a verdade é que isso geralmente vem de quem não se preocupa e/ou se importa com a gente. Tá mais  pela festa, sei lá. Considere esse fato para não se preocupar e se estressar com essas pessoas, não vale à pena.

Como lidar com aquele palpite desnecessário e que deixa um climão?

A: Dê risada e uma resposta leve. No fim, diga que hoje em dia não tem mais regra nem imposições para o casamento e o que você quer é reunir quem ama. Assim a pessoa sabe que você ouviu, mas que no fim a opinião maldosa dela não é fundamental para sua vida.

B: Sorria ou dê uma leve risada. Diga que está organizando tudo com muito esforço e carinho e saia do recinto (de preferência, correndo! hehe). Porque quando estamos esgotadas e isso acontece, a chance de virar briga sobe a níveis estratosféricos!

A melhor saída é relaxar e não se estressar!
Foto: Love my Dress

No fim, sofrer pela opinião dos outros não vale à pena! O dia é seu, divirta-se e mostre pra pessoas que criticaram que elas estavam erradas; simples assim!

Curtiu o post? Leia também sobre como manter uma boa relação com as madrinhas!


Postado por O Amor é Simples
Vestidos para noivas que acreditam na simplicidade do amor.

1 Comment

  1. […] sabe que é um momento lindo, cheio de descobertas, de amor, de amizade… NADA PODE ESTRAGAR. A noiva já lida com palpites das pessoas ao redor e isso pode ser um pouco difícil. Mas nenhuma noiva merece se sentir menos […]

Deixe uma resposta